A importância da mão de obra especializada na construção civil

A utilização de materiais e técnicas modernas pode reduzir custos de construção e o tempo de obra. Entretanto, deve-se sempre utilizar mão de obra especializada, sob o risco de comprometer a qualidade do produto final e ocasionar retrabalho, o que por sua vez impacta nos custos e no tempo de execução do projeto.

A construção civil no Brasil vem passando por um processo constante de profissionalização, tanto na qualificação dos prestadores de serviços em todas as etapas do projeto, bem como na adoção de novas técnicas e materiais de melhor qualidade. Entretanto ainda observam-se muitos casos em que são contratados profissionais não qualificados para a execução de atividades críticas do projeto, o que pode acarretar em grandes prejuízos para construtoras, levando-as, em alguns casos extremos, até à falência.

Pensando na importância da mão de obra no processo de construção civil, preparamos um guia com alguns dos principais cuidados a serem adotados quando na seleção e contratação dos profissionais que irão executar os serviços.

Pisos

A utilização de mão de obra qualificada na colocação de pisos evita que fiquem marcas durante a instalação, além de garantir as devidas precauções contra a umidade.

Embora seja considerado um serviço comum, que não requer a devida especialização, a execução por profissionais sem a devida qualificação pode gerar prejuízos irreversíveis.

Drywall

A instalação de drywall envolve uma série de cuidados, que vão desde a aquisição dos materiais até à contratação dos serviços envolvidos.

Em alguns casos, os serviços e os materiais podem ser adquiridos de uma empresa só, porém é necessário que essa empresa opere dentro das normas técnicas existentes, inclusive no que diz respeito à montagem.

Blocos estruturais

A utilização de blocos estruturais possibilita uma maior produtividade, exigindo um menor número de profissionais. Entretanto, embora a mão de obra exigida não necessite ser altamente especializada, deve contar com profissionais habilitados, com grande familiaridade em relação à leitura e interpretação de projetos.

Existem certos cuidados que profissionais menos capacitados podem não observar, como o estrito cumprimento ao detalhamento do projeto, sem cortes na alvenaria estrutural além daqueles que possam ter sido especificamente planejados.

Instalações elétricas e hidráulicas

Nesse ponto, a qualificação da mão de obra é tão importante quanto a qualidade dos materiais e a normatização adotada nos projetos. Afinal, se essas instalações não ocorrerem em estrita conformidade com as normas técnicas, erros graves podem ser cometidos, podendo comprometer os resultados planejados.

A capacidade dos profissionais responsáveis pela execução do projeto de se aterem ao que foi especificado, ao mesmo tempo em que são respeitadas as normas técnicas aplicáveis, é fundamental para a qualidade do produto final.

De forma geral, a utilização de mão de obra qualificada gera ainda economia na obra ao fazer com que os profissionais utilizem adequadamente os materiais, evitando desperdícios decorrentes da imperícia, do descuido e do mero desconhecimento. Em obras que se utilizam de mão de obra inadequada, inclusive é comum se observar o excesso de entulho.

Os bons resultados nas obras de construção civil não dependem apenas de um bom projeto e de materiais de boa qualidade, mas também do nível de capacitação da mão de obra utilizada, que deve ser sempre especializada em cada tipo de serviço específico.